Páginas



O gérmem da postagem de hoje surgiu na postagem anterior. Nela eu havia levantado rapidamente a dúvida "por que a água é salgada" e esse questionamento, me parece, que é comum a mais algumas pessoas. Além disso a percepção de que tudo tem um porquê que nem sempre a gente dá a devida  importância colaborou bastante para a ideia que vou desenvolver nessa postagem. 

Hoje eu vou tentar explicar alguns fenômenos que constatamos diariamente e que raramente nos damos o trabalho ou temos a curiosidade de entender o porquê de serem exatamente como são. Vamos começar com a já mencionada na última postagem 

Por que a água do mar é salgada?

Partindo do principio que a água do mar é o desaguamento das águas dos rios e reservatório das águas das chuvas, ambas doces, é no mínimo estranho perceber que a água do mar é salgada não é mesmo? Pensando nisso eu resolvi pesquisa o motivo das águas dos mares serem salgadas.

Segundo a revista Mundo Estranho (ME) o motivo é que as águas dos rios quando correm coletam pelo caminho material mineral, como o cloreto de sódio (sal) por exemplo, e levam até o mar. No mar quando a água evapora deixa para trás o cloreto de sódio responsável pela salinidade da água. Ou seja, os rios levam água doce e sal , mas quando ocorre a evaporação da água do mar pelo calor só evapora a água, deixando o sal no mar provocando a gradativa concentração de sal nas águas marinhas. Além disso a água da chuva também ajudam já que capturam as particulas de sódio e cloro suspensas no ar e as levam para os oceanos, inclusive, ajudando no processo.

Por que o céu é azul?

è tudo por causa da atmosfera que circunda o nosso planeta. Vou colocar uma imagem ao lado para ilustrar melhor a explicação.

Três conhecimentos são inicialmente                         fundamentais: 1)cada cor tem uma frequência e comprimento de onda diferente. 2) a luz é branca, mistura das sete cores do arco-íris— o violeta, o azul, o anil, o verde, o amarelo, o laranja e o vermelho. 3) ondas de menor comprimento se espalham com mais facilidade. Agora que vocês já sabem o mais importante vamos à explicação:
 
 Segundo uma página da Mundo estranho [ME] "A luz azul tem uma freqüência (ciclos de onda por segundo) muito próxima daquela de ressonância dos átomos da atmosfera, ao contrário da luz vermelha. Assim, a luz azul que é reemitida em todas as direções, num processo chamado dispersão de Rayleigh (nome do físico inglês do século XIX que explicou esse fenômeno). A luz vermelha, que não é dispersa e sim transmitida, continua em sua direção original, mas quando olhamos para o céu é a luz azul que vemos porque é a que foi mais dispersada pelas moléculas em todas as direções. movimenta os elétrons nas camadas atômicas das moléculas com muito mais facilidade que a vermelha. Isso provoca um ligeiro atraso na luz"

Por que o céu fica avermelhado no pôr do sol?

"À medida que o Sol vai se pondo, seus raios têm que atravessar um pedaço maior da atmosfera, colidindo com mais obstáculos. Afinal, no crepúsculo, até as ondas longas, laranja e vermelho, acabam trombando e se desviando, avermelhando gradativamente o horizonte (embora o resto do céu continue azul). A vermelha é a última onda de luz que consegue cruzar a atmosfera e nos atingir, por isso o astro-rei fica vermelho no pôr-do-sol.

O azul se espalha tanto que não consegue chegar até nós e, por isso, vemos o céu vermelho.
Ao meio-dia, a luz do Sol atravessa um trecho menor de atmosfera. O violeta, o azul e o anil se espalham pelo céu e os raios solares chegam amarelos aos nossos olhos.

No final da tarde, a luz entra inclinada e passa por um longo pedaço de atmosfera, trombando nas partículas. O verde e o amarelo também se espalham, e só o laranja e o vermelho chegam aos nossos olhos.

1 - Ondas compridas de luz, como o vermelho, contornam os obstáculos sem dificuldades.

2 - Ondas curtas, violetas, anis e azuis, batem e se espalham pelo céu, pintando-o. O Sol é amarelo porque essa cor é a mistura das ondas longas que chegam: verde, amarelo, laranja e vermelho."



Isso foi praticamente uma aula interdiciplinar de física, química e geografia. rsrs
Despeço-me meio nerd hoje.. Até a próxima postagem.

Pronto falei, agora é sua vez.



Fontes: http://super.abril.com.br/superarquivo/1998/conteudo_67326.shtml
http://mundoestranho.abril.com.br/ambiente/pergunta_285757.shtml
http://mundoestranho.abril.com.br/ciencia/pergunta_285675.shtml


Eu estava morrendo de saudades de ser blogueira gente! E não é só o contrato do Ronaldinho Gaúcho com o Flamengo que tem hora pra acabar, mas também meu jejum  e ele se encerra agora [ estouros de fogos]. E não vou voltar só pro meu querido Abrindo a Cabeça mas para meter o bedelho nos blogs dos meus companheiros blogueiros a torto e a direito como eu adoro fazer sempre.

Para abrir o verão do blog eu vou poupá-los  de um primeiro reencontro [ de novo] polêmico [ do jeitinho que a gente gosta]. Vou tratar de uma coisa que eu andei futucando na net essa semana e que achei muito legal. Confesso que fiquei horas olhando o tal site e espero que desperte o mesmo interesse em vocês já que eu não tô afim de fazer uma postagem chata que o povo chega nos comentários e sentencia " muito legal o blog",  ou pior provocar o desinteresse dos meus leitores! =0 

Então, eu vou deixar de suspense e dizer logo do que se trata a postagem. Olha só que coisa mais desconexa mas que faz todo sentido: no meio de uma conversa no meio da praia surgiu aquela clássica pergunta  "por que a água do mar é salgada?" aí quando eu cheguei em casa eu resolvi pedir uma iluminação do St. Google. Ele me indicou o site da revista Mundo Estranho (ME) aí de lá eu fui vendo outras curiosidades e tals. Aí de repente [depois de o que é macumba, quais os santos mais pecadores da história, depois de descobrir que são longuinho foi o soldado romano que  enfiou a lança em Jesus já crucificado - lembram? e outras bizarrices mais , eu cheguei a uma curiosidade que explicava o por que de tanto Silva, Santos e Souza no Brasil. Daí ele citaram por alto um autor de um livro chamado o "Dicionário das Familias Brasileiras" [ou qualquer coisa assim] que trazia a origem e até os ascendentes que trouxeram o sobrenome pro Brasil. Eu não achei o tal livro online, mas encontrei outro site bem divertido pra bisbilhotar, o Benzi Sobrenomes, e fiquei olhando a origem do sobrenome de todo mundo que eu conhecia e conseguia lembrar. Além disso eu aprendi como foi que surgiu o hábito de dar sobrenomes as pessoas, que primordialmente nada mais era do que uma referência para identificação da pessoa. Tipo pessoas que tinham o mesmo nome [ Tereza por exemplo] eram identificadas por nomes que as individualizavam [ a loira, a ruiva, do rio, do monte e assim vai ].

Mas vamos aos finalmente? Já estava na hora de parar de enrolar vocês com minhas histórias né? Então, vamos deixar de conversa e ver a origem de alguns?

Almeida - Sobrenome português, sua origem vem do árabe a ( al ) mesa ( meida ), em sentido geográfico seria " planalto ou chão plano ". Descendem os Almeida de D. Fernão Canelas, senhor das Quintas do Pinheiro e Canelas, pai de João Fernandes de Almeida. Procede tambem desta família Egas Moniz, conquistador de Almeida, da qual um de seus filhos tomou o nome pôr sobrenome. 

Santos - Sobrenome portugues de origem religiosa cristã, seria a abreviação de " Todos os Santos ", refere-se a esta comemoração da igreja catolica. Na epoca em que se começou a adotar sobrenomes, este nome era dado inicialmente às pessoas que nasciam em 1º de novembro, Dia de Todos os Santos. Outra origem é a referência geográfica à região de Sierra de Los Santos, na Andaluzia. Em sua linha sacerdotal, destaca-se o padre mineiro João Pedro dos Santos, que ao morrer, em 1850, reconhecera sete filhos. O nome Santos também foi adotado por judeus obrigados a se converter, os cristãos-novos. Tal sobrenome possui variações em diversas linguas, Frances: Toussaint, Italiano: Sante ou Santoro.  

Ramos - Sobrenome português provavelmente de origem cristã, refere-se a festa de ramos os domingo de ramos, em um documento de 1693 foi registrado um certo Plácido de Ramos, comprovando o uso deste sobrenome, no mínimo desde esta época, na idade antiga era comum algumas famílias adotarem nomes que, de alguma forma homenageasse a igreja católica, firmando sua posição de católicos praticantes e na esperança de trazer bons fluidos para a família. 

Ribeiro - Sobrenome português classificado como sendo um toponímico pois tem origem geográfica, significaria "riozinho". A família Ribeiro de Portugal é de origem nobre, Ribeiros e Ribeiras, ao que parece são a mesma família. Procedem de el-rei D. Ramiro, ultimo de Leão e há em Castela ( Espanha) deste apelido casas muito principais.

O seu não está aqui? Eu suspeitei... Por isso mesmo eu vou disponibilizar o site pra vocês conferirem o de vocês AQUI.

Eu achei legal por que nunca havia pensado no sobrenome assim, com um significado, só como sobrenome sabe? Imagina, quem já se viu como Marina da selva ou como Antonio do mar por exemplo?  Vocês me entendem né? Tah, eu sei que sim. ^^


Comentem depois de  ter visto o sobrenome de vcs. Vai ser mais divertido. 

Então, por hoje é só.

Pronto falei, agora é sua vez.



Pesquisar este blog