Páginas


Nossa, depois de tanto tempo "óie" eu de novo..
Eu comecei a ler o livro A Arte da Guerra, escrito a milhares de anos atrás por um mestre chamado Sun Tzu. É um livro muito famoso e é bem provável que vocês já ou tenham ouvido falar dele, ou já tenham lido. Na edição que eu estou lendo, ao fim do livro, existe um espaço para que o leitor possa fazer algumas reflexões e possa anotar os ensinamentos se Sun Tzu aplicados à sua vida (profissional, pessoal, etc). Nós travamos batalhas todos os dias. A toda fase da nossa vida nós precisamos lutar pelo que desejamos. Apesar de tratar de ensinamentos nas artes bélicas, estas lições podem perfeitamente serem interpretadas de maneira extensiva e aplicadas as nossas vidas. Bem, eu não anotei no livro, mas compartilharei, aqui, com vocês as minhas impressões. Espero que os comentaristas que já tenham lido o livro enriqueça essa postagem com seus entendimentos pessoais.

Hoje eu vou tratar do Capítulo 1: Análise e planos.

Na arte da guerra é necessário atentar-se para cinco fatores: O Tão (caminho), o Clima, a Terra, o Líder e os Métodos.

No tempo em que decidir empreender uma "guerra" é preciso, antes, estabelecer alguns critérios para suas jogadas, tais como se pretende obter sucesso com ela e ou apenas um exaurimento inútil de forças. É necessário que você pense sobre a batalha que irá empreender. Para auxiliá-lo siga os seguintes passos:

Primeiro passo: Decida o Tao, o "Caminho". O que você quer? Onde ele termina, ou seja, o que você quer alcançar?

Segundo passo: Com o destino resolvido, inicie um estudo de conhecimento do "caminho". Esta é a satisfação do fator "Terra". É necessário que você conheça os aspectos, as características, as peculiaridades do "caminho". O conhecimento do "Caminho" será o seu grande triunfo. Com esse conhecimento você poderá planejar melhor a caminhada e será capaz de prever possíveis problemas e assim, planejar as possíveis manobras para contorná-los. Isso sem falar que esse conhecimento fará você aproveitar melhor o "Caminho", usando seus pontos favoráveis  e desfavoráveis a seu favor.

Terceiro passo: Esteja atento ao que acontece a sua volta. Atenção às boas e más condições do "Clima". Se favoreça e tire vantagem das boas condições e use os maus momentos para rever os próximos passos, além de observar o que o "Clima" ruim pode ensinar. Esteja pronto para expandir e acelerar seus planos no "Clima" favorável e tenha a sabedoria de desacelerar e estudar as causas dos tempos ruins. Esse entendimento será importante. Sempre.

Quarto passo: "Cultive as virtudes da sabedoria, integridade, disciplina, coragem e humanidade". Essas características sempre estão presentes em um bom "Líder". Lembre-se que ser um "Líder" vai muito além de ter o poder de comando. Um bom líder é aquele que consegue facilmente a colaboração dos seus subordinados. Ele é respeitado, não temido. É a figura mais representativa do grupo, àquele que poderá guiar soldados dispostos a dar sua própria vida pela causa. Ele é seguido, não simplesmente acompanhado.

Quinto passo: Planeje todos os seus passos. É neste passo que você estabelece os métodos de luta. Decide quais armas serão usadas e como serão empenhadas. Está é a definição do seu "Método". Você precisa planejar gastos, a eficiência, e o "suporte logístico". Esse é um aspecto inegligenciável.

Sobre o cumprimento dos cinco fatores alerta Sun Tzu:  "Todos os comandantes que negligenciarem esses cinco fatores estarão fadados ao fracasso, porém, os que dominarem, conquistarão a vitória".

Como diria o velho ditado popular "não grite aos quatro ventos" o que pretende fazer. Nunca se sabe onde está o inimigo. Os mais perigosos inimigos são aqueles não declarados. Saiba obter informações sem dar informações que poderiam, se alguma maneira, serem boicotados pelos seus inimigos. A lição do Sun Tzu é " Há momentos em que a maior sabedoria é parecer não saber nada". Implantar a ideia no inimigo que ele está no controle é sempre uma ilusão que deve ser mantida. Essa ilusão o faz negligenciar o inimigo, e essa negligência é o seu trunfo.

A grande lição deste capítulo é: "É calculando e analisando que o estrategista vence previamente a guerra na simulação do templo. Portanto, fazer muitos cálculos conduz à vitória, e poucos, à derrota".

Pronto, falei. Agora é sua vez.

14 comentários:

Eppifania disse...

Desconhecia o seu blog e fiquei encantada com suas resenhas. E... Sobre a Arte da Guerra, eu já tinha lido, mas não por completo. Apesar de ter sido escrito há muito tempo atrás, não senti dificuldades da leitura, sabe? Eu gostei e pretendo terminar de lê-lo em breve. Suas críticas sobre o livro, certamente, enriqueceram meus pontos de vista sobre essa obra. Parabéns! Estou seguindo você. ^^

@ilovetubes disse...

muito legal seu cantinho..
estou indo seguir, retribui?
www.ilovetubes.blogspot.com

@ilovetubes disse...

ooi, gostei bastante das resenhas e do blog amr
estou indo seguir... retribui?
www.ilovetubes.blogspot.com

Hysteria Project disse...

Ou seja, pensar antes de agir é sempre melhor!

Belinha disse...

Bem eu li a muito tempo atras a arte da guerra.
bem ele pode sim ser aplicado na vida, mais para poder da certo exige- se muito disciplina.
Um livro bem escrito e pelo meu ponto de vista.
Ele muito bom para vc superar barreiras

http://mundodebelinhasp.blogspot.com/

Érico Pena disse...

É impressionante como uma boa leitura e uma interpretação bem feita pode fazer com que nós possamos passar da teoria para a prática. É exatamente isso q eu digo para meus alunos e q vc conseguiu resumir e exemplificar de maneira brilhante, acho q vou até comprar esse livro agora hehehe
P.S = espero q esse meu comentário vá agora

Filipe Dias disse...

Um belo blog, gostei

e a descrição do livro, muito boa

Jéssica Karla disse...

Eu amo ler livros com histórias antigas e tal.. E esse livro é muito interessante,exige muita disciplina,e ele serve até como reflexão.
Bom Post!
Retribuindo a visita ;*

BlogMaster disse...

Já li esse livro, é muito bom e tem
muitas lições que podemos trazer para o nosso dia a dia!

http://futeblog-blogmaster.blogspot.com/

Uvirgilio disse...

Obrigado pelo comentário deixado lá no blog. Hoje amanheci melhor nada como a chuva e a brisa,nada como um novo dia. Esse é um dos livros de cabeceira, até já escrevi sobre ele no meu blog.Ele é muito bom pode ser posto em pr´tica em várias situações.

Guru do Metal disse...

nem conhecia esse livro

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Ravi Barros disse...

Acho que todos os passos poderiam ser resumidos no quinto passo. Travamos sim, guerras todos os dias em todas as dimensões existentes, por isso é muito importante que tenhamos nossos passos bem planejados a fim evitarmos surpresas e desastres na caminhada. Sabedoria é tudo! ;D

Josias disse...

Muito boa esta postagem.

Aqui tem um texto sobre o livro e o e-book online http://nerdwiki.com/2013/12/19/arte-da-guerra/

"Arte da Guerra ” pode te ajudar a ser um estrategista, tocar uma empresa, ganhar uma guerra...

Guilherme Campos disse...

Eu lhe confesso,pode ser sexismo ou machismos de minha parte, mas enfim, que pela estética de seu blog achei que não encontraria informações relevantes e importantes,estava errado. Ótima analise, texto bem escrito e coerente. Aprovado! Parabéns!

Postar um comentário

Um comentário diz muito sobre você.
Comente com inteligência.

(retribuo comentários bem feitos- afinal,se vc escreve bem aqui, escreve bem lá. ;)

Pesquisar este blog