Páginas



Oiee gente,

É, faz tempo que eu não venho aqui meter o bedelho em alguma coisa né? Pois é... Mas, eu acho que essa postagem vai ter sequência com postagens mais regulares, já que eu ando com uma enorme vontade de meter o bedelho em tudo ultimamente..

Bem, depois de complementar no item do meu perfil "preferências políticas" com algumas observações acerca da minha preferência eu fiquei pensando algumas coisas com meus botões e resolvi vir aki compartilhar com vocês.. (alérgicos a assuntos políticos, não atendam a voz que agora berra na sua cabeça, freneticamente, pra você correr e fechar esta página. Espere mais um pouco, nem que seja pra dizer que tudo que eu vou dizer é uma grande besteira, talvez seja, mas talvez não...vai saber né?! Afinal, eu tô aqui pra meter o bedelho, não pra estar certa.)

Eu não sei o porquê que quando eu estava fazendo a tal complementação me veio à lembrança a teoria de Rousseau , aquela do bom selvagem lembra?. Bem, se você não sabe bem do que se trata o nome já sugere alguma conclusão, mas, em qualquer caso, essa teoria, trocando em miúdos, defende que as pessoas são essencialmente boas,  que são como "tábuas rasas" em que a sociedade deposita seus conceitos de vida, comportamento, crenças, etc, montando o indivíduo, ou seja, você é produto do meio como outros estudiosos já afirmaram antes, contemporaneamente e depois de Rousseau. Você nasce bom, a sociedade que é a peste da história e pode te transformar em alguém mau. Eu, pra ser sincera, já  fui muito adepta dessa teoria e também concordava com o ilustre autor, mas agora eu confesso a vocês que ela já não faz tanto sentido para mim.

Eu acho que o bombardeio e a preferência da mídia em nos bombardear diariamente com péssimas notícias, de assassinatos, roubos, corrupção, agressões gratuitas, intolerância, e milhares de etc, têm me instigado a pensar sobre a natureza humana. O poder corrompe? #fato, existe condição de miséria #fato, péssima educação #fato. Mas, as diferentes pessoas que vivem nas mais diferentes exposições socio-culturais-financeiras reagem cada um ao seu modo às mesmas exposições. Por quê?  Teoricamente, cada grupo está exposto a uma determinada condição "do meio", mas nem todos reagem a ele da mesma maneira #fato. Se o problema está "puramente" (não sei se ele rejeita as influências da personalidade individual ou se acredita numa personalidade coletiva produzida pela sociedade) na exposição a determinadas situações, por quê há essa diferença na lida com as situações semelhantes? Será que nas comunidades indígenas, por exemplo,  não afetadas pela sociedade moderna inexistem comportamentos repulsivos, maldosos, e sociamente (estou falando da nossa sociedade tah?) não aceito? Será que em pequenas sociedades afastadas não existem pessoas que aproveitam o poder em benefício próprio ou não agem de modo desonesto para conseguir o que desejam? - Vixe, pensar nisso me vez pensar a respeito das concepções de cada palavra dessa (desonestidade, maldade, corrupção, só pra citar algumas) nas diversas sociedades e da mania que nós temos em considerar o nosso certo o dos outros errado (aquela velha história de impor a própria cultura..). Tah, mas saindo dessa discussão, que dá muito pano pra manga, o que eu quero dizer é  sobre uma sociedade em que alguns se dão bem e outros se dão mal, não por mérito - partindo da teoria de que todos têm a mesmas chances de ter meios que lhe facilitem o mérito- mas por interesse de uma elite constituida que é aceita pela sociedade para "produzir a verdade".

Nossa gente, como essa conversa implica em outros fatores paralelos que se forem discutidos se escrevem páginas e mais páginas, numa discussão verbal, dias e mais dias. Eu vou interromper a minha por aqui. Vou ficar aqui só pensando e vocês que pensem mais sobre isso daí. Mas que eu ando insatisfeita com o comportamento da maioria de nós (humanos) aaah isso eu estou. Não suporto mais ver más notícias que evidenciam a natureza má do homem.. Quer saber o pior? Eu ainda sou aficcionada por teorias da conspiração e acredito que toda informação que nós recebemos são minunciosamente selecionadas pra que seja atingido um objetivo maior que é a alienação e a manipulação social , o que teoricamente quer dizer que as piores coisas fogem do nosso conhecimento... Nossa, será que as minhas opiniões são minhas opiniões ou foram plantadas sutilmente pela elite dominadora através dos seus meios de dominação e cabrestagem?? Nossa.. agora fiquei preocupada.. rss
Sabe aquela coisa meio 1984, de George  Orwell ? Não acho aquilo tão fictício assim.. rss

Tah achando que a blogueira enlouqueceu né? hahahahaha . Digamos que eu sou pouco convencional. E outra, eu fiz esse blog justamente pra escrever o que eu penso.. Não dou muita importância pra filtros, já que vivo fazendo isso na minha vida "normal"..(tah, nem tanto, mas com certeza mais que aqui. ^^)

Nossa.. eu penso demais, eu falo demais..


Pronto, falei. Agora é sua vez. ^^

MAS....

Ps.:Se o homem é um ser essencialmente social, e a socidade é que "corrompe" o homem, isso que dizer que a gente não tem salvação?

Ps2.: Se todo homem nasce essencialmente bom, e o homem é quem forma a sociedade, por que ele deixa de ser bom depois que se junta com outros homens essencialmente bons e é incapaz de formar uma sociedade boa e justa como eles essencialmente são?

É só uma coisa que me correu agora..


Pronto, falei. (de vez) ^^ (acabei, juro.. rss)




18 comentários:

Mia Sodré disse...

Realmente, quando vi que o post se tratava sobre política, minha vontade foi de correr. hahaha Mas na verdade você explanou bem a respeito das funções sociológicas da sociedade contemporânea. Realmente há uma alienação em massa, que é produto dos meios de comunicação em geral, que faz com que pensemos que o homem mau nasceu mau. E talvez o tenha. Mas a sociedade o transforma. Mesmo o mal, se bem conduzido desde os primórdios, pode se converter em algo útil apesar de sua natureza malévola. Adorei sua explanação e concordo muito com o texto. Mas irei me deter por aqui porque é capaz de eu escrever um texto maior que o seu em meu comentário. hahaha
Enfim, gostei muito do seu blog. Adoro esse tipo de blog. Estou seguindo.
Bjo.

http://miasodre.blogspot.com/

Tony Martins disse...

Muito bem observado Tatiana. O ser humano com essa teoria de "Essencialmente Bom" vai acabar deixando bandido na rua (como aliás já fazem no Brasil) por ele ser vítima dessa ou daquela influencia. Se o ser humano fosse essencialmente bom nunca se corromperia ao se juntar com outro. Acredito que somos todos maus so que alguns conseguem dominar a maior parte da sua maldade, não toda.
Parabens pela postagem e sou mais um de seus felizes seguidores.

Abração

♥MáH♥ disse...

Sempre achei que a mídia tem muito mais poder do que a maioria de nós percebemos.
Seja em comportamento, moda, ideais e até valores.
Nada, nada é tão por acaso assim.
FATO!

Blog super interessante, parabéns!

http://resenhandomm.blogspot.com/

Aline Diedrich disse...

Acho que ninguém nasce bom ou ruim, essencialmente. A personalidade aos poucos vai se formando e optamos por qual caminho seguir... O meio pode nos influenciar, mas não quer dizer que se estamos incluídos culturalmente em um dos lados, teremos necessariamente que seguí-lo. É tudo uma questão de escolha.... Interessante seu post e o blog como um todo.

RITA MARY SERVIÇOS IMPORTANTES disse...

O homem é selvagem de natureza, não precisa ser ensinado, ao contrário, passa a vida toda ouvindo que precisa ser uma pessoa boa ou melhor e assim sucessivamente, porque ouviria isto se não tivece a selvageria no seu instinto? Porém felismente existem pessoas que não deixam o mau ser a sua parte forte e é o que faz a diferênça na hora de diferenciar uma pessoa da outra sem contar com, como se explica uma criança que mata alguem? Não venham me dizer que é porque não tem juízo ou coisa assim, por que pra mim é por já nascer com o instinto de querer tirar da sua frente qualquer empensilho que venha contrariar os seus anséios afinal de contas o ser humano é o pior animal que existe, pois um animal quando mata outro é pra se alimentar pra fazer valer a lei da natureza e o homem? É por puro egoismo.

Rita Mary

Swallowed Words. disse...

Que blog diferente! Sempre vejo blogs ou de textos, ou de poesias, ou de roupas... E o teu assim! Adorei. Bem interessante.


worse-or-better.blogspot.com

ANA PAULA disse...

achei super interessante seu blog
#FATO

MUDANDO DE ASSUNTO
Gostei das dicas q vc deu no meu blog, pode ter certeza que vou procurar e ler o livro.
A outra dica conheço e recomendo a teoria. Já na pratica me dei mal. É Sério. Mas dessa vez vou tentar por em pratica a teoria.OBRIGADA
SEGUINDOOO
oquevaleeviver.blogspot.com

desneurandoz disse...

Adorei o seu blog, muito legal :D

Diogo disse...

Muuito bom seu blog, bastante interessante.
Tenho uma opinião muito parecida com a sua, pois se um homem, supostamente, nasce bom mas a sociedade é o que o modifica, é porque ele já teria uma certa tendência à isso. Ótimo blog, seguindo.

Diogopensamentos.blogspot.com

Aline Diedrich disse...

Já passei antes por aqui... Mas vale deixar outro recado pra dizer que seu blog traz assuntos bem interessantes...

Guru do Metal disse...

o pessoal da imagem curti uma carne humana!

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Guilherme Augusto disse...

Para complementar o post recomendo o filme Antes que o Diabo saiba que você está morto. Onde é mostrado várias reações diante uma tragédia. Como cada pessoa reage de uma maneira condicionado a sua personalidade e o meio que vive. Uma visão que gosto de compartilhar, pois para mim, nascemos, bons e ruins ao mesmo tempo. Humanos. Depois conforme nossa vida é moldada em um meio inserido é quando temos ou não a capacidade de decidir qual as melhores escolhas para nosso caminho. Acima de tudo nós temos uma natureza que diante o medo ou a segurança, nos mostra quem somos...

O Nevoeiro e o Anticristo também são ótimos filmes para analise do ser humano :) qualquer coisa é só entrar em contato :) bjs...

Marijleite disse...

Oi;vim retribuir a sua visita ao meu blog;
então,ame lembro de ter estudado sobre o bom selvagem na escola,nas aulas de literatura (ai que saudade...).É complicado por que as pessoas são todas iguais e são completamente diferentes ao mesmo tempo.Acredito que ninguém nasce mal,um bebê não é mal;mas sabe se lá por que as pessoas vão mudando ,fazendo escolhas erradas e maltratando os seu semelhantes ao longo da vida.Somos humanos,estamos vivos e é isso.

www.marijleite.blogspot.com

Christian V. Louis disse...

Olá. Eu nunca fui muito adepto a esta linha de pensamento de que todos nascemos bons, visto que até mesmo em crianças bem novas, vemos que muitos temperamentos parecem ser herdados dos pais, eu acredito que boa parte da personalidade das pessoas venha da genética. Posso estar errado, mas é a impressão que tenho quando observo e, acredite, sou bastante observador.
Sim, a mídia influencia e até mesmo dita comportamentos, porém, possuo os mesmos questionamentos seus: por que muitos se deixam contaminar e outros não? Por que há tanta gente decente que mora na favela e passa necessidade, enquanto outras usam a desculpa do sistema para assaltar, roubar e matar, se colocando como vítimas? Porque realmente existe esta mentalidade de que a sociedade é corrompida por causa da miséria e mimimi, direitos humanos só servem para os bandidos e não para as reais vítimas deles, ao passo em que há muitos pais e mães de família que se negam a se tornarem criminosos por estar passando fome. Onde fica a explicação nisto?
E também desacredito que alguém não tenha noção do certo e errado se não tiver algum problema mental. E lugar de pessoas que possuem sérios problemas mentais não seria na sociedade, concorda?
Em verdade, a mídia é doentia, ela coloca em evidência o que é mal e de algum modo, o ser humano acaba se adaptando a esta "realidade" e no fim, achando-a normal. É muito raro atos de heroísmo humanos e acontecimentos de pessoas que praticam o bem sendo divulgadas. Muito raro.
Gostei imenso do seu blogue e já estou seguindo.

http://escritoslisergicos.blogspot.com

Ravi Barros disse...

Particularmente fico do lado dos que acreditam que o homem é sim, essencialmete mau e perverso, e se me permite afolorar meu lado religioso, ouso dizer que o próprio livro sagrado evidencia isso de Gêneses a Apocalipse.
Já nascemos com a tendência para o mal e consequentemente para o caos.
Já diria o Pregador Luo "A raça humana realmente é destrutiva, postura suja, imoral e negativa. Opta por roubar, opta por matar, comparsas das trevas, inimigos da paz, favorecendo assim o reinado de Satanás."
Ou seja, o mundo jaz no malígno.
Mas há sim uma solução para tudo isso, o Criador, o próprio que formou o homem e lhe deu livre arbítrio providenciou remédio para a péssima escolha que fizemos.
Gosto de citações, essa complementa meu raciocício e é de Adson Sodre "A diferença seria considerável se o mundo estivesse com Deus vivendo em comunhão, essa escolha nos mostraria tudo, todas as respostas e questões do nosso coração."
Agora abandonando um pouco essa perspectiva teológica, afirmo que somos sim influenciados pelo meio, mas isso não DETERMINA exatamente quem somos ou nos tornaremos, apenas APRIMORA aquilo que já nasceu dentro de nós, a saber, a maldade.

Obrigado pelo seu comentário lá no Retóricas ;D

Cáah Lima disse...

Caramba, vc escreve muito bem e gostei bastante dos seus argumentos lógicos! Gostei do fato de vc citar o iluminista Rousseau ele deu a chave para o assunto abordado. E concordo com vc no que diz respeito que homem nasce bom, mas o seu livre arbítrio, biblicamente falando, lhe permite seguir e escolher seu rumo, ou o bom ou mau. Mas infelizmente nossa sociedade está sendo formada pelo mau. usahus
Parabéns pelo blog!!
http://oicarolina.wordpress.com/
Retribui?
Vou amar vc por lá.
bjs

Christian V. Louis disse...

Olá de novo Tatiana!
Obrigado pelo comentário e os elogios em meu blogue. Estou lhe seguindo para não perder de vista suas atualizações e colocarei seu blogue em meu blogroll Escritos Recomendados porque realmente ele é recomendável. :)

JOY disse...

Gostei bastante,
bem harmonioso o seu blog.

http://joycebc.blogspot.com/

Postar um comentário

Um comentário diz muito sobre você.
Comente com inteligência.

(retribuo comentários bem feitos- afinal,se vc escreve bem aqui, escreve bem lá. ;)

Pesquisar este blog