Páginas


Hoje, dia 20 de novembro é considerado o dia da consciência negra. Depois de escravidão, anos de humilhação, política de segregação antes, durante e depois da libertação da senzala acharam de bom tom inventar um dia da consciência negra.

Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. Vocês devem conhecer a história dele, já que ele é um dos poucos negros que teve sua importância reconhecida e tem sua história rapidamente mencionada nas escolas.

Mas, sinceramente, eu não tenho, assim, muita coisa pra reclamar do Brasil hoje em dia quanto a isso não. Apesar de muitos e insistentes, e infelizes, fatos ainda revelarem que a discriminação ao negro no Brasil não foi vencida, temos que admitir ela está sendo combatida. Em algumas escolas o ensino da história afrobrasileira já está sendo trabalhada de maneira a impedir que os pequeninos cresçam e perpetuem essa palhaçada denominada racismo, algumas pessoas já entenderam que a cor de pele não é uma diferença maior que as diferenças que faz de cada pessoa única, já existem grupos que reforçam o orgulho de ser negro e exibem sua herança com a força do valor que têm... E isso tudo deve ser levado em conta como progresso, tímido, mas progresso importante.

Os brancos levantaram esse país pelos braços negros, derramaram suor e sangue negros. Construíram familias, abençoadas pelo padre e reconhecidas pelo Estado, ou não, com negros. Comia das mãos dos negros, acumulavam riquezas às custas dos negros e ainda se acham no direito de dizer que negro é preguiçoso, burro ou qualquer outra besteira que gente ignorante ainda insistem em afirmar.

Mudando um pouco o foco da conversa queria aproveitar a oportunidade e dizer o que eu penso sobre essa onda de "expressão" politicamente correta com relação às coisas referentes a negros. Eu estou falando dessa besteira de não poder chamar alguém de preto, negro, neguinho ou qualquer coisa nesse sentido. Isso só poderia ter sido ideia de alguém carregado de ideias discriminatórias. Eles tornaram essas palavras sinônimos de ofensas e agoram proibem seu uso. Se eles acham que chamar alguém de preto, negro, etc é ofensivo,  ofensivo é por que eles julgam essas palavras como ruins e não por que são ofensivas, entende? E então achar que alguém se ofende ao ser chamado de preto não é estar sendo preconceituoso? Associar as palavras a coisas ruins não é, então, preconceito? Por que ser chamado de branquelo não é politicamente incorreto? Ficou confuso? rsrs. Tem coisa que eu não sei como explicar direito. Esse ponto de vista é uma delas. O que eu quero dizer é que os proprios negros se chamam de nego(a), pretinha, e eles não entendem isso como racismo. Então por que alguém não tão negro chamá-los assim seria?

Qualquer palavra pode ser racista, preconceituosa e ofensiva. O tom diz muito mais das suas intenções do que as palavras usadas propriamente ditas. Na Bahia é muito comum usar o termo " meu nego, neguinho(a)" de maneira afetuosa e íntima. Imagine se todo mundo resolvesse processar alguém quando é chamado assim? Nossa.. Aí sim seria um colapso nos tribunais de justiça!

Então, voltando ao foco, já que hoje é dia da Consciência Negra eu achei válido refletir sobre alguns assuntos no que se refere a um país mestiço que ainda renega suas origens, que ainda engole essa historinha de hierarquia de culturas, que acha mais bonito ter cabelo liso do que cabelo crespo, que cogitar a ideia de que Deus possa ser negro é completamente absurdo, diria até ofensivo, que apesar da vantagem dos negros terem proteção natural da pele bem mais eficaz isso é motivo de discriminação, que ainda acreditam que sobrenome "chique "é sobrenome europeu, que acham que os olhos azuis são mais bonitos que os olhos negros, que é mais "fino" comer desova de peixe e caracol do que comer aquela feijoada ou aquele vatapá. Eu prefiro um milhão de vezes aquele bobó de camarão do que aquele queijo fedido francês por exemplo. E aposto que alguém vai pensar, aff que coisa de pobre!  Neste caso eu vou pedir para que você reflita sobre a origem desse comentario. Gente, é sério. Parece besteira, mas a negação da origem afro é muito mais forte e imbutida inconscientemente do que se pensa. Ela se apresenta em conceitos simples do nosso cotidiano, tais como essas que eu citei.

Bom gente, no dia da consciência negra nada melhor do que tomar consciência do negro que existe dentro de cada brasileiro, começar, caso já não o tenha feito, a se orgulhar também dessa origem e não apenas se gabar por ter avó francês, alemão, italiano ou espanhóis, por exemplo. No dia em que o povo brasileiro tomar consciência de que essa alegria atribuida por todo o mundo ao Brasil vem principalmente dos africanos, e se perceber como típico produto de mestiçagem de povos, aceitar com orgulho todas as suas origem e entender que cor da pele não diz absolutamente nada, nós possamos viver melhor com isso e aproveitar os benefícios dessa compreensão nas nossas vidas. Como diria, muita sabiamente, Gabriel, o pensador : "racismo é burrice".

Pronto, falei. Agora é sua vez


13 comentários:

Gutt e Ariane disse...

Bom, nem vou estender muito o assunto, deixo apenas a grandiosa recomendação de leitura para entender o pq do Brasil e do brasileiro ser assim. Raízes do Brasil, do Sérgio Buarque de Holanda.

Identidade cultural é chave ao meu ver para a convivência harmoniosa entre os povos. Que o negro tenha orgulha de ser negro. Que o amarelo, que o branco tenha orgulho e assim por diante! E que cada qual possa levantar esse orgulho sem ter meias palavras... ou como foi mencionado, essa palhaçada de politicamente correto.

Em construção disse...

Excelente Blog, parabéns. Adorei a forma que tratou o assunto, não só esse como os outros que estive acompanhando. Visite também: http://sirmaxximizze.blogspot.com/

;*

Marcos Costa Melo disse...

Acho que o Brasil avançou nos últimos anos nas conquistas das minorias e no enfrentamento do racismo, mas muito ainda precisa ser feito.

O politicamente correto é um saco, concordo com você, gera uma onda de hipocrisia.

Conflitos sempre existirão, mas há que se ter bom senso e isso não é exatamente o forte do ser humano.

abs

Tatiana disse...

Obrigada "em construção" rsrs. Você sempre será muito bem vindo a meter o bedelho aki no blog.
;)

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Ta lindo o blog! Quanto a Racismo... As pessoas ainda são muito "suaves" com o termo "preconceito" e tentam acobertar das mais infimes formas para desviar o assunto á outros assuntos igualmente revoltantes, como homofobia, pédofilia, casos policiais com enrredo de cinema... Mas não adinata "figir que esqueceu". racismo hoje é crime e dá cadeia... (será que isso realmente resolve?)

Haaa! Você ganhou um Selo!
O prêmio dardos!

http://blogkawai2.blogspot.com/2010/11/selos-selos-que-venham-mais-selos.html

vái lá pegar o seu Selo!

Andre Mansim disse...

Eu acho que o dia em que não precisar do dia da conciencia negra, e que não precisar mais de lei de cotas pra negro, e que não existir mais negro nenhum se ofendendo em ser chamado de negro aí sim a discriminação vai acabar. O negócio é que infelismente "alguns orgão e ongs", estão usando essa raiva racial que na minha opnião quase não existe mais, para ganhar dinheiro. É a mesma tática dos sindicatos que ganham dinheiro e não trazem nada para o sindicalista.
Um belo post o seu. Eu jogo futebol e mais da metade dos meus amigos são negros e um chama o outro de negão, preto, zulu e eles mesmo dão risada sem encanação!

William disse...

Olha, qualquer tipo de discriminação é lamentável. Quem age dessa maneira, são pessoas infelizes, fracassadas e por muitas vezes, criminosos. Criminosos SIM.
Todos são iguais, independente de raça, credo, opinião política, esporte, enfim, na sociedade.
N

Araujo disse...

O Brasil por ser um país com uma mentalidade tão primitiva, permite, óbvio velado e até talvez inconscientemtente, que o preconceito seja praticado.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Érico Pena disse...

Olá amiga, é sempre um prazer passar por aqui! peço desculpas pelo sumiço mais é pq passei por umas situações meio chatas nesse mês que me tirou um pouco do ânimo para escrever, mas aos poucos estou retornando.
Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelos esclarecimentos, principalmente por explicar pq agora dia 20/11 é feriado. Outra coisa q acho de ultima é alguém julgar o outro pela cor da pele, é a mesma coisa do que o cara não gostar do outro pq ele é flamenguista ou por ser evangélico! não é a cor da pele, o time de futebol ou a religião que vai dizer como é o carater do cidadão e sim a sua índole e atitudes. Acho isso uma tremenda burrice e ignorância de gente q se diz civilizada e ainda comete esse tipo de descriminação. As vezes, vem até dos próprios negros (lembra do filme as branquelas?). Bom amiga, tenho q ir agora pois já to morto de sono e amanha tem trampo cedo. grande abraço e continue sempre assim, escevendo bem e escrevendo sempre pois a luta continua blogueira e pode contar comigo.
obs: depois confira os ultimos posts do www.blog-do-pena.blogspot.com e me diga q achou valeu

Kiko Lemos disse...

Como vc disse preconceito é burrice, parabéns pelo post

Érico Pena disse...

Olá amiga, mesmo vc estando meio "ausente"seu blog nõ perde a qualidade, uma prova disso está no blog do pena que vc pode conferir acessando o link abaixo, não deixe de conferir, tenho certeza q vc vai gostar. Grande abraço e td de bom
http://bit.ly/e4MdyA

passaportelove disse...

Adorei este post,eu sou afro descendente,neguinha,mulata e sei lá mais o que são tantos nomes que já foram inventados somente para não chamar uma pessoa de 'negra' isso que eu não entendo.Quando digo que sou negra muitas vezes a resposta é assim:
Magina não é não vc é tao bonita!! Quer maior prova de racismo do que essa? E na minha opinião o racismo vem de todas as partes inclusive do própio negro! Gente please!!vamos nos aceitar!!!
Parabéns pelo blog!bjksss

juliana disse...

Olá meu nome é Juliana tenho que fazer um trabalho sobre esse assunto. adorei essa imagem vai me ajudar bastante. Obrigada, abraços da Juliana!!!!

Postar um comentário

Um comentário diz muito sobre você.
Comente com inteligência.

(retribuo comentários bem feitos- afinal,se vc escreve bem aqui, escreve bem lá. ;)

Pesquisar este blog