Páginas

Ontem eu estava no meu curso e por acaso eu me lembrei de um programa partidário que eu tinha visto na noite passada, um tal de PHS parece... no qual ele garantia conter os projetos de lei do aborto e adoção de crianças por homossexuais em Brasília. Então eu pensei " por quê?" (Neste texto eu não vou entrar na discussão do aborto, apenas da adoção por homosssexuais, deixemos o aborto para um próximo texto). Então isso me instigou a pensar a respeito. Deixe-me compartilhar com você meu pensamento... Eu tenho uma colocação muito relativa diante do problema. Eu acho que a grande culpada por eu não dispor de uma opinião de sim ou não é a sociedade. Sabe por quê? É o seguinte: Eu sou a favor porque eu acredito que uma opção sexual não seja critério de avaliação de caráter de ninguém. Se os dois caras que se gostam querem ter uma família, ser feliz , possuem personalidades íntegras e são homens de bem por que não? Quer dizer que um casal desestruturado hetero pode adotar uma criança e um casal homo equilibrado não pode? Uma mulher que coloca um filho no mundo que não se importa com seu bem estar e o coloca na sinaleira pra trabalhar embaixo do sol escaldante durante todo o dia, tem mais condições de criar e educar bem uma criança do que um casal homo que quer dá-lhe educação e afeto partenal? Então um amigo meu questionou: - " Mas como Freud afirmava, a homossexualidade é um distúrbio, eles têm inclinações que podem trazer sérios problemas a criança." Então eu fui categórica: -" você está falando de abuso?" e ele me respondeu : - "Também! " Aí sabe de quem eu lembrei na horinha??? Aquele austríaco Joseph ( alguma coisa) que manteve a filha 24 anos em cárcere privado estuprando-a durante todo esse tempo, tendo com ela 6 ( eu acho) filhos e se omitindo a dar socorro a um que veio a falecer. Não esquecendo da sua companheira que foi cúmplice omissa, por que não é possível aquela mulher não ter desconfiado durante 24 anos de nada e além de ter adotado um uma criança( neto) que apareceu sem maiores explicações! aah façam-me um favor... Pelo amor de Deus! Você acha que esse casal está mais habilitado do que um casal de homossexuais equilibrado para ter filhos??!! Mas sabe o que eu acredito que pensem a respeito? Não tem aqueles homossexuais nada discretos que ficam por aí fazendo o que lhes vêm a cabeça ?( eu acho que uma maneira de alfinetar a sociedade preconceituosa e acham que escandalizar é uma boa maneira de fazer isso ). Então o restante é taxado como igualmente "incontidos e escandalosos". Que é a mesma coisa que acontecem com os mulçumanos ( por aí tem mesmo gente que associa imediatamente mulçumano a terrorista)... Tah, eu fiz uma comparação que você não iria imaginar.. mas foi proposital para que você enxergue os diferentes âmbitos que o preconceito ( no seu conceito linguistico) se manifesta. E o meu contra se fundamenta justamente nisto : a receptividade da sociedade. O problema de a criança ter pais homossexuais, não está nos pais homossexuais e sim em como a sociedade trataria um filho desse casal. Isso sim poderia trazer sérios problemas psíquicos à criança. E isso certamente irá acontecer. Ou você acha que todos pais deixariam seus filhos brincarem com essa criança sem problemas? Ir na casa então.. sem chances! Mas meu colega ( aquele lá de cima) me disse: Mas uma criança criada nesse ambiente será fortemente influenciada pelo meio. Eu respondi:

-" Talvez, mas não menos do que uma criança que é criada no seio de uma " família" em que o pai é alcoólatra e agride a mãe, ou se tem uma mãe profissional do sexo." O grandessíssimo problema está em deixar de ver as pessoas taxadas pelas escolha que fizeram e observá-las como são de fato: pessoas. Que têm qualidades e defeitos de seres humanos, e não os que a sociedade impõe como problema. Lembre-se que ser comunista já foi um defeito tremendo, ou protestante, ou negro, etc.. As pessoas são mais que isso... elas são pessoas complexas , diferentes e que não são comportamentalmente iguais por pertencerem a um determinado "grupo"! Você está entendendo? Isso não pode ser usado para determinar a personalidade e índole de alguém! É assim, mas não deveria ser! Eu não sou Homossexual, como pode ser que estejam supondo..., mas eu não acho que eu tenha que ser do "grupo" para defender idéias ( sem agudo na nova norma )favoráveis a ele. e você, o que pensa a respeito?

0 comentários:

Postar um comentário

Um comentário diz muito sobre você.
Comente com inteligência.

(retribuo comentários bem feitos- afinal,se vc escreve bem aqui, escreve bem lá. ;)

Pesquisar este blog