Páginas

Você é inteligente, sexy, charmosa. Então, por que diabos ainda não achou um cara incrível para namorar? Bem, nós temos a resposta: provavelmente precisa mudar de atitude e turbinar seu estado de espírito. Afinal, encontrar um homem (aliás, vários deles) depende muito mais de sua disponibilidade mental do que necessariamente de sua aparência física. Para ajudá-la nesse processo, criamos o melhor plano de ação de todos os tempos. Funciona tão bem que pedimos apenas um favor: não seja fominha e deixe alguns bonitões para as outras, ok?

Estratégia 1: Relaxar um pouco

Pode parecer contraditório, mas, para encontrar um gato de qualidade, pare de exagerar na busca. "O maior erro que as mulheres cometem é acreditar que devem descobrir alguém como quem procura ossos de tiranossauro numa escavação", diz Annie Dennison, expert americana em relacionamento. Esse tipo de mentalidade acaba criando um comportamento artificial: você ri mais alto do que deveria, exagera no número de drinques e, sem perceber, termina espantando pretendentes bem legais.

Em vez de agir como uma marionete com a cordinha frouxa, quando estiver conversando com um gato que acabou de conhecer, evite só fazer perguntas a respeito dele. Esse hábito costuma deixar os pobres coitados sem pistas a seu respeito. Experimente comentar uma viagem recente, falar sobre aquele restaurante que a agradou, o show que curtiu. E use para isso expressões sexy, como "exótico", "intenso", "estonteante". Aproveite, aí sim, algum gancho para questioná-lo sobre seu lugar favorito ou outro assunto qualquer. Quando a conversa der aquela amainada, diga que adorou o papo, mas precisa voltar para a turma. Se ele estiver realmente a fim, vai segui-la como um cachorrinho sem dono.

Estratégia 2: Transformar-se numa boa presa

Esqueça a velha mania de bancar a garota dos sonhos dos homens - afinal, quem pode ter certeza de que a receita é a correta? Melhor do que bancar um autêntico camaleão cada vez que cruzar seu caminho com o de um cara que a interessa, só para se aproximar do que imagina fazer sucesso, procure se transformar no tipo de mulher que você admira.

Garantimos: um exército inteirinho de barrigas tanquinho surgirá à sua frente. "Uma moça esperta trabalha para se sentir feliz sozinha antes de se concentrar no sexo oposto", diz Annie. Sem falar que, além de ser mais divertido, você exalará aquela energia positiva que magnetiza os gatos. Para começar, experimente preencher seu tempo como se já tivesse um namorado, mas que estará fora da cidade no próximo fim de semana. Agende programas que sempre teve vontade de fazer, como passear numa galeria, assistir a uma aula de fotografia ou qualquer outra coisa que desperte a sua curiosidade. Não apenas ampliará seus horizontes como se verá rodeada de gente nova.

Estratégia 3: Refinar seu alvo

Fechar uma lista de qualidades para seu futuro namorado (1,90 metro de altura, formado em arquitetura, dono de uma cobertura...) apenas a fará eliminar inúmeros candidatos em potencial. Acredite: se existir uma boa química entre vocês, nada mais terá importância.

Em vez disso, priorize os pontos negativos, ou seja, aqueles que não aceitaria em um homem nem sob tortura (beber demais, cheirar mal, fumar...). Pense em detalhes como falta de disponibilidade, fraqueza, ciúme excessivo, pão-durismo, humor horroroso. Ao primeiro sinal de algum deles em um novo paquera, corte a isca rápido! Gastar tempo valioso com um cara que não agrada você vai impedi-la de encontrar quem realmente a satisfaz. Portanto, gire a antena para o lado certo e, ao avistar o peixão, solte a linha!

Estratégia 4: Evitar homens no rebote

Para encontrar um namorado bacana, fuja dos rapazes que acabaram de romper um relacionamento. Pode ter certeza: mulheres que se apaixonam por um sujeito nessa fase terminam magoadas. Simone, uma advogada de 27 anos, descobriu essa triste verdade quando amargou uma péssima experiência com Renato, recém-chegado ao time dos solteiros. "Ele era atencioso, atraente e inteligente. Todos os dias a gente transava, conversava, passeava de bicicleta e cozinhava juntos", conta. Cinco meses se passaram e ela já estava profundamente apaixonada. Até que um dia, enquanto preparava uma salada, ele anunciou ter reatado com a ex. Bem, a coitada desatou a chorar - e não era por causa da cebola. Lá se foram dois anos para se recuperar do baque. Moral da história: ponha na cabeça que a pressa (dele) é inimiga da perfeição!

Estratégia 5: Ser gentil

Não dispense aquele gato que a abordou em um barzinho só porque começou a conversa de maneira absolutamente desinteressante. Veja bem: o rapaz precisou superar o embaraço e o receio de levar um fora para falar com você. O fato de chegar perto já é um elogio, não é? Considere como deve ter sido difícil cumprimentar uma completa estranha e, ainda, pensar em algo para dizer de supetão.

Segundo o estudioso Bradley Gerstman, autor de O Que os Homens Procuram - Como Conquistar o Homem Certo e Evitar o Homem Errado (Campus), não importa quão bonito ou bem-sucedido um homem seja, o medo da rejeição sempre prevalece. "Se ele a vir numa academia, vai parecer que todo mundo parou de se exercitar para prestar atenção em cada palavra. Na praia, terá a impressão de que as ondas deixaram de fazer barulho só para que os outros julguem a cantada", exemplifica. Resumindo: evite ser grosseira (ou rir da cara dele). Na pior das hipóteses, mesmo que a química não bata de jeito nenhum, o moço poderá elogiá-la para o amigo dele, ali pertinho!

Estratégia 6: Reprogramar sua mente

Você quer mesmo arranjar namorado? Pode parecer absurdo, mas eventuais insucessos no campo amoroso às vezes nos fazem criar desculpas para novos fracassos, mesmo que inconscientemente. Já reparou como guardamos no bolso do colete frases que agem como autodefesa? São chavões do tipo "Antes só do que mal acompanhada", "Sou exigente", "Casar para quê? Para separar depois?" e por aí vai. Então, se está decidida a encontrar um gato para chamar de seu, antes de sair de casa faça uma varredura no cérebro e elimine esses inimigos íntimos.

Claro, não crie falsas expectativas, mas também não leve junto para o barzinho um caminhão de crenças negativas, certo?

Estratégia 7: Não tapar buraco

Entrar em um romance só para passar o tempo enquanto procura pelo príncipe pode aumentar a frustração. Do mesmo jeito que as seguradoras estabelecem um prazo para que o usuário usufrua de todos os benefícios, a vida também exige certa carência para que as mudanças aconteçam e se solidifiquem. Um namoro quebra-galho não deve fazer parte da sua apólice! Nesse quesito estão inclusos aqueles encontros puramente sexuais, que não asseguram nenhuma estabilidade na manhã seguinte.

Admita numa boa que está sozinha - por ora! Encare nesse intervalo o desafio de melhorar a sua auto-estima, invista em autoconhecimento e sob hipótese nenhuma desperdice seu perfume com um sujeito meia-boca.

Estratégia 8: Jogar fora as velhas lembranças

Quando compramos um par de sapatos novos, logo imaginamos como ficariam bárbaros com aquele vestido da vitrine, não é? Pois, se quer mesmo descolar um gato legal, precisa, primeiro, fazer uma faxina no armário e jogar fora as lembranças de velhos namorados. Fotografias, cartas, bilhetinhos e flores secas? Tudo isso são cacos de recordação que a mantêm presa ao passado. "Desocupe o seu oásis afetivo para dar espaço a um novo amor", aconselha Bartholomeu Silva, autor de Descobrindo a Alma Gêmea (BAS). Se a sua vocação é para curadora de museu, pelo menos certifique-se de não deixar certas pistas à vista de um pretendente cheirando a novo. Aquela correntinha linda, mas com as iniciais do ex, deveria ir para o penhor, não para o seu pescoço. Um livro com dedicatória, então? O sebo mais próximo da sua casa ou do trabalho! Inspire-se nas espertíssimas Deborah Secco e Vivianne Araújo - elas logo trataram de encobrir as tatuagens feitas para seus antigos amores, não é?

Estratégia 9: Não esconder seus sentimentos

Imagine que está desempregada. Vai avisar quem puder a fim de ter ajuda para achar uma nova vaga, certo? Pois faça o mesmo na hora de procurar namorado: avise as primas que está disponível, as colegas do escritório, a turma do curso de inglês.

Vantagem: rapazes apresentados por alguém que você já conhece vêm com referencial. Você não precisará especular, pois saberá de antemão dados básicos (como o estado civil) e quem sabe até as pretensões a respeito de compromisso. Se esconder o jogo, pode acabar passando sua vez para outra.

Estratégia 10: Dar, hoje mesmo, o primeiro passo

Saia da concha e deixe que os homens saibam que você existe. Pode parecer clichê, mas o príncipe encantado não bate à porta - só o entregador de pizza! Aceite convites para jantar fora. Capriche no perfil que criou no Orkut. Freqüente lugares com vários gatos por metro quadrado, como as feiras de automóveis das manhãs de sábado, as ciclovias de domingo. E, por todos os santos, não saia em bando com várias garotas (no máximo duas), a não ser que queira criar uma barreira ao seu redor. Use artimanhas instantâneas, mas eficientes, como deixar o iPod perto da mochila dele, na academia ou perguntar onde comprou aquele tênis maneiro. Lembre-se: mesmo de cabeça (bem) feita, você ainda precisa dar uma mão ao destino, concorda?

Texto Dalila Magarian e Bethany Heitman / Foto Sérgio de Divitiis- Revista Nova

0 comentários:

Postar um comentário

Um comentário diz muito sobre você.
Comente com inteligência.

(retribuo comentários bem feitos- afinal,se vc escreve bem aqui, escreve bem lá. ;)

Pesquisar este blog